Páginas

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Esperando por Séculos!


Eis que vieram de mansinho,
Voando baixinho,
Mas crescendo, crescendo,
Até galgarem o topo
Do conhecimento!
Cientistas, estadistas, educadoras,
Promotoras da Paz!
Até mesmo nun mundo distante,
Tão árido e duro
Onde não tinham voz,
Não lhes sendo vendados os olhos,
Observaram em todas as direções:
Espreitaram brechas
Por onde podessem escapar,
Alçar voos, fazendo coro com as demais,
Em prol de um mundo mais justo,
Mais solidário, mais igual!
Aí estão agora recebendo o
PrêmioNobel da Paz de 2011
Ano de Nosso Senhor
Ano de todos nós!


Um comentário:

  1. Mare,que bonita e comovente homenagem!Ficou linda de viver sua poesia!bjs,

    ResponderExcluir